Everything is Illuminated 2020
[ tudo está iluminado ]
The video Everything is Illuminated shows
a group of women crossing the nature around an abandoned farm in Kwanza-Sul at dusk, recalling the ancestral way of carrying weight, the porters of the explorers, the colonial era, migration in its various dimensions and the zungueiras (female street hawkers) of today. The female voice in the video, speaking ngangela, reminds us of the wise woman,
the tschimbanda.

The discovery of ancestral practices for the treatment of women‘s and children‘s bodies reveals connections between art, healing
and the spirit. An ethnological research of a Nganguela people during the colonial era is transformed into a performance that com-
municates rituals for the healing of the spirit and history, bringing to light another percep-
tion of the roles played by women. The per-
formers carry in their heads, not a burden
but illumination (knowledge).
O vídeo „Tudo está Iluminado“ mostra um
grupo de mulheres travessando, ao anoitecer,
a natureza em volta duma fazenda abandonada em Kwanza-Sul. Relembrando assim a maneira ancestral de carregar peso, os carregadores dos exploradores, o tempo colonial, a migração em suas várias dimensões e as zungueiras de hoje em dia. A voz feminina do vídeo, falando ngangela, faz lembrar a mulher sábia, a tschimbanda.

A descoberta de práticas ancestrais para o tratamento do corpo da mulher e da criança
faz ressurgir ligações entre a arte, a cura e o espírito. Uma pesquisa etnológica de um povo Nganguela durante a era colonial transforma-se numa performance que comunica rituais para
a cura do espírito e da história, trazendo à luz outra percepção dos papéis desempenhados pela mulher. As performers carregam na cabeça, não um fardo mas iluminação (conhecimentos).


Acknowledgements:
Meninas de Calulo
Claudio Chocolate
Nyoma Agostinho
Tkassala Ndombele
Timoteo Conde
Jorge Kapitango
Hilla & Poma